03.11.06
Ah! A Sandra Helena...como me lembro dela.
(Não, isto não é o que estão a pensar...)
Continuando na 1ªclasse (ou 1º ano do 1º Ciclo, como se diz hoje) lembrei-me da Sandra Helena.
Não estávamos preparados (culpa dos pais, dos avós e sei lá mais de quem) para compreender (ah!também da idade) a Sandra Helena. Claramente vinha de uma família desfavorecida, e ainda que nenhum dos alunos da turma fosse rico, ou mesmo da classe média, a Sandra ressaltava.
Pelas roupas...pela forma como olhava para os cadernos, lápis e canetas. A boca ia alternando de cor consoante a cor da caneta que a rapariga chupava.
A Sandra foi a única a aliviar a bexiga no meio da sala, quando a professora lhe respondeu que ainda tinha ido à casa de banho há cinco minutos, se quisesse que fizesse ali, e ela fez!
Acho que devemos ter sido cruéis, imagino que sim, porque todas as crianças o são quando em contacto com o que não compreendem.
E eu nasci e cresci não há muito tempo atrás, mas ainda havia uma quinta para jogar à bola, um local para jogar às escondidas que não atrás dos carros, conhecíamos a terra e a erva em vez do alcatrão, mas não compreendíamos outras coisas...foram-nos sendo ensinadas ao longo dos anos...
É sintomático que não me tenha esquecido da Sandra Helena, que só foi minha colega na primeira classe. De que é que queremos que os nossos filhos não se esqueçam? Com que realidades as nossas crianças se deparam diariamente? Estamos interessados em fazê-las compreender essas mesmas realidades, já as compreendemos nós?
Lembro-me que os meus pais fizeram-me uma festa de anos em que me disseram para convidar os meus amigos da escola, e lá convidei grande parte da turma. Menos o Daniel, o Daniel era preto! Quando os meus pais se aperceberam falaram comigo e envergonharam-me (no bom sentido); que raio de pessoa era eu? Na escola a cor não importava, e no momento de escolher os convidados...
O Daniel foi um dos meus melhores amigos, morreu aos 17 anos com uma doença qualquer. De vez em quando lembro-me do Daniel, mas não me lembro tantas vezes deste episódio. O Daniel foi um dos meus melhores amigos porque alguém me fez ver o erro que estava a cometer, compreender outras realidades.
Ah! A Sandra Helena...
publicado por wherewego às 09:59

mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
18

19
25

26
28


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
blogs SAPO