27.11.05
Li um livro de Cavaco há umas semanas, "Crónicas de uma crise anunciada", deixo aqui algumas das frases desse livro. O livro consiste em vários textos escritos durante, e após, o governo de Guterres.
Nos últimos dias, dei comigo a pensar sobre como inverter a situação, sobre o que pode ser feito para que os problemas sejam enfrentados, e não se arrastarem até ao ponto de quase ruptura. Tive muita dificuldade em encontrar uma resposta adequada.
Como sou defensor da estabilidade governativa, não posso dizer: mude-se o Governo.
(...)
Eu também não apostaria na hipótese de o Presidente da República tomar a iniciativa de demitir o Governo, como alguns analistas parecem crer. No quadro constitucional português, o Presidente da República só demite o Governo em situações políticas muito graves, como poderia ser o caso de uma ruptura interna no PS (...)
publicado por wherewego às 20:19

mais sobre mim
Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

15
19

20
21
25
26



arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
blogs SAPO