02.04.05

A 3 de Abril de 1979 nascia eu. 26 aninhos! Estou a ficar velho, como podem ver pelo tamanho, cada vez maior, da testa. Como amanhã é dia de festa, não vou escrever nada e 2ª venho demasiado tarde (jantar com os amigos) por isso até 3ªF! Posted by Hello
publicado por wherewego às 23:23

Quando vi o Trailer tinha esperanças que fosse alguma coisa de jeito, afinal Hide and Seek é uma grande desilusão. Tem um bom elenco, tem uma premissa interessante mas nunca chega a arrancar. A realização é fraquinha e não chega a meter medo, o argumento não tem muito por onde crescer e o final ainda que "surpreendente" chega a chatear. O fim, que segundo o Estúdio que produziu o filme seria a chave do sucesso, fez-me lembrar pelo menos 3 filmes que vi o ano passado. Não vou dizer quais porque estaria a estragar a surpresa para quem for ao cinema. Não duvido que muitos vão gostar, mas acho, que como eu, muitos vão detestar o filme.
Não traz nada de novo, a não ser a muito boa interpretação de Dakotta Fanning, de resto.......já vi, muito obrigado.
publicado por wherewego às 23:12


Dc Countdown sempre chegou às bancas.
E......porra para aqueles gajos.
Não estou a gostar muito do sentido que as coisas estão a levar. Primeiro mataram a Sue Dibny, agora o Besouro Azul (estes dois eram personagens principais da JLI, uma das séries de que falo mais abaixo). A morte da Sue Dibny foi bastante interessante e a mini-série excedeu as minhas espectativas; já este one-shot, serve de preparação para o resto do ano e sinceramente...
O Sr. que mata o Besouro Azul era o patrão dele (e amigo) na JLI, e se eu não me importo de ver personagens crescerem, já evoluírem assim de repente é um pouco demais. Estão a destruir uma das minhas séries favoritas (ainda a JLI), não porque fosse má, mas porque não se enquadra no espírito da actual DC (JLI era uma paródia a todas as BDs de super-heróis e não há local para isso nos planos actuais da DC). Eu fico aqui para ver o que acontece, mas... Posted by Hello
publicado por wherewego às 12:00

Devorei o livro.
É cru, dói lê-lo, mas faz-nos olhar para o Brasil de outra maneira. Falamos da nossa violência, mas...não dá para comparar. A amoralidade não chega a ser uma realidade, é seimplesmente outra realidade de vida. Dentro da complexidade das suas personagens (personagens?!) o autor mostra-nos a complexidade de ser humano. Capaz de simpatia num momento e de enfiar uma faca no estômago do outro logo a seguir.
Não se tratando dum romance, choca por isso. Não há clichés a seguir, há dificuldade em perceber tanta desordem moral, tanta violência, tanta vingança; mesmo quando acabando de ler o capítulo acabamos por simpatizar com o cara!

Foi o único livro que li até hoje que me deu a volta ao estomago, fiquei mal disposto. MAs vale a pena lê-lo. Carandiru faz-nos rir, chorar, dá-nos até um nó no estomâgo, e isto aocntece página a página, capítulo a capítulo.

Para quem não sabe Estação Carandiru é um livro sobre uma das principais prisões do Brasil. Conta, na primeira pessoa, a experiência de um médico (o autor) durante alguns anos nessa prisão. Fala das várias experiÊncias dele com os bandidos/presos, e com os restantes persoangens do presídio.
Recomendação Elevada.
publicado por wherewego às 11:43

“O que foi o almoço, pai?” – pergunta-lhe um dos filhos.
Olha para o filho, pensa um pouco e a única palavra que lhe sai é chocolate.
“Chocolate? Não acredito, pai!”
“Tente lá lembrar-se, pai, o que comeu?”. Agita-se, não se lembra, “calem-se, calem-se. CHOCOLATE! CHOCOLATE!”.
O filho e a mãe pedem-lhe para se acalmar. Que se vão embora senão se acalmar.
Olha para eles. Um dos filhos, a nora e um dos netos, bem como a sua esposa.
Diz que quer ir com eles. “Levem-me”, “Não gostam de mim?” – diz com uma lágrima nos olhos. “Quero estar em minha casa”.
Ouve recusas, directas, leves, que tem que ficar ali, que tem de melhorar se quiser voltar para casa, que tem de colaborar.
Será que não entendem? Quer ir com eles, poder estar deitado na cama dele, sentado à sua mesa, sentado no seu sofá!
Levanta-se, dá uma ou duas voltas. Passa a mão pelos cabelos, coloca as duas mãos nas frontes e volta a sentar-se. Olha para os familiares. “Não gosto de estar aqui”, “Levem-me convosco”, “Não estou maluco, não estou maluco…”.
Com uma tentativa de sorriso nos lábios, mas sem conseguir esconder um olhar de comiseração, tristeza e incapacidade total os familares vão-lhe perguntando o que tem feito, se tem bebido água, se tem tido frio.
Ele olha para eles, levanta-se e um a um pede-lhes, olhando-os nos olhos, para o levarem com ele.
Vê que o neto e a nora vão ao quarto dele. Segue-os. O neto diz-lhe “Grande quarto, avô! Isto aqui é um luxo”. “Qual luxo, qual quê! Quero o meu quarto, a minha casa, estou farto desta…”
“Não posso, avô!”
Repete o mesmo pedido à nora, recolhe a mesma resposta.
“Se melhorar volta para casa”.

Deitado na cama pensa na condição. Se melhorar volta para casa. Se melhorar volta para casa. Se melhora volta………………..adormece.
publicado por wherewego às 11:42

Aqui ficam os parabéns a um dos meus blogs favoritos. O Bomba Inteligente faz dois anos.
É assim o mês de Abril, todos os bons fazem anos em Abril.
Amanhã sou eu (não o blog)! Aceitam-se presentes via blog:p
Força Charlotte.Parabéns, Keep up
publicado por wherewego às 11:34

Não custa morrer depois de cumprirmos o nosso dever, toda a gente tem de morrer, mais tarde ou mais cedo: ninguém escapa.
Só há uma escolha possível - morrer com a consciência limpa ou carregada de remorsos.

Selma Lagerlof
publicado por wherewego às 11:30

Quantas mais coisas entrarem na cabeça, tanto mais lugar fica para as outras.

Isto a mim soa-me a paradoxo, mas pode ser que seja a experiênci da autora. E quantas vezes a experiência prova a contradição e o paradoxo da vida?
publicado por wherewego às 11:29

As cadeiras da esplanada ostentam orgulhosamente o símbolo da SuperBock. Deu-me vontade de beber uma bjeca fresquinha. Infelizmente não tinham Tuborg!
publicado por wherewego às 11:27

mais sobre mim
Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11

21

24
30


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO