17.05.05

Há uma linha ténue entre o Heavy Metal e a bichanice! Ai há, há! Posted by Hello
publicado por wherewego às 11:31


Nostalgia ad aeternum Posted by Hello
publicado por wherewego às 11:24


Hoje apetece-me ver o último Harry Potter, e confesso que este senhor da foto é a única razão forte que tenho para o fazer... Posted by Hello
publicado por wherewego às 11:22

Demos aos nossos alunos uma lista de livros que podiam ler. Tinha de tudo, pequenos, médios e grandes. Simples e muito complicados. Quase incólumes ou muito relevantes. Enfim a escolha era ampla e tinham muito por onde escolher.
Claro que alguns já tinham lido um ou outro livro, outros nem por isso. Tenho alunos que lêem, outros em que esse hábito é inexistente. E foram estes que me acabaram por surpreender.
Dois alunos sem qualquer hábito de leitura e com pouco gosto pela coisa decidiram levar acabo esta tarefa lendo o Equador do Miguel Sousa Tavares. E gostaram…
Não fiquei tão admirado por terem gostado, já o li e acho que é consensual a sua qualidade, o interesse da história, a envolvência como está escrito, etc. admirei-me foi que duas pessoas que admitem não gostar de ler peguem num livro tão grande. Mas fiquei feliz por terem vencido a batalha e com prazer.
De resto e por enquanto os vencedores (em termos de livros mais lidos) são os mesmos de sempre (comparando com o ano passado): o já referido Equador, História da Gaivota e do Gato que a ensinou a voar, Crónica dos Bons Malandros, Admirável Mundo Novo e Eragon.
Mas ainda falta uma turma, a maior, para finalizar a contagem.
publicado por wherewego às 11:07

A semana passada li mais um livro de Henning Mankell, The Return of the Dancing Master.
Trata-se de mais um policial passado na Suécia, mas desta vez sem a presença do Inspector Kurt Wallander, aqui Mankell dá lugar ao Agente Lindmann.
Gosto dos livros de Mankell não tanto pela ansiedade de descobrir quem foi, quem matou ou quem roubou mas pelo processo interior levado a cabo pela personagem principal. Mankell mostra a sua sociedade, mas também a nossa. É obvio que a sociedade sueca tem diferenças em relação à portuguesa mas a verdade é que também há imensas semelhanças. De qualquer modo os temas de Mankell não são os “simples” homicídios, mas são os temas grandes do nosso tempo. Racismo, questões ligadas ao apartheid, ao regime nazi, à política, tudo isto deambula nas páginas de Mankell.
É se calhar um autor político, digo-o agora pelos temas que identifiquei mas nunca o vi assim encaro-o mais como um autor moderno que usa os seus livros para pensar o mundo e as relações humanas e internacionais tudo sobre a capa de um policial.
Todas as personagens principais de Mankell estão sob a égide da tragédia, são homens sós, tristes e doentes que são bons no seu trabalho mas que têm dificuldades várias (saúde, familiares, etc); são personagens que nos mostram a dificuldade de relacionamento e as dificuldades que colocamos nos nossos relacionamentos.
Este Return of the Dancing Master trata da participação de suecos na 2ª Guerra Mundial, e da existência ou reaparecimento de grupos neo-nazis na Suécia no fim do século passado.
Mostra-nos a barbaridade do regime nazi, mas a capacidade de muitos de viverem os seus ideais nazis em segredo numa sociedade democrática. Depois claro vale por mais uma personagem “difícil” de Mankell, Lidmann que descobre que tem cancro.
Se ainda não leram, arrisquem, vale a pena.
publicado por wherewego às 11:06

mais sobre mim
Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11


22
24
25
26



arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO