27.06.05
a musiquinha aí em baixo.
O Sr. Leopoldo apelidou-a de Yac, eu gosto bastante. Trata-se de Carlos Bica e Ana Brandão com a música Delicious Donuts from the Balcans.
Estava a pensar em passar uma musiquinha mais mexida, de verão, por assim dizer, mas fica para a próxima...

PS. Eu não consigo ouvir a música, mas o Sr. Leopoldo garante que a ouve.
Bons donuts....Já conheciam? Gostam?
publicado por wherewego às 22:30



Por razões de trabalho, estou a ler Paulo Coelho. Eu tinha apenas lido O Alquimista, há uns anos, para escrever um artigo que ficou com o título «Eu li Paulo Coelho e sobrevivi». O exercício, agora, está a ser penoso, mesmo ao ritmo um livro por dia. A vingança será terrível, sobretudo depois de ler Monte Cinco e Veronika Quer Morrer. O primeiro deu-me vontade de queimá-lo; o segundo, de rir. O Alquimista não volto a ler, recordo bem as consequências funestas. Mesmo com todo o espírito de tolerância de que sou capaz (e ele é bem vasto, posso comprová-lo), Paulo Coelho será sempre o pior de Raul Seixas. Nem sequer um flibusteiro. A um homem assim a França, Chirac e o Ministère de la Culture atribuíram comendas e ordens de cavalaria. Tenho dúvidas sobre o resultado desta semana e meia de dedicação a Coelho, mas a vida não é fácil.

in AVIS
publicado por wherewego às 22:28

publicado por wherewego às 22:27

26.06.05
"Ser portista é uma benção"
in Filhos do Dragão
publicado por wherewego às 21:59

As aulas acabaram. As avaliações nem por isso, mas está quase.
Tive 4 turmas, heterogéneas mas porreiras.
Gostei das turmas que tive, embora nem sempre. Enganamo-nos (nós, os professores) sempre que criamos expectativas. Já o tinha aprendido o ano passado, voltei a receber a lição este ano.
Achamos que determinada turma vai reagir de certo modo. Nada mais falso. Mas o positivo nesta questão é que até é bom que assim seja. Somos humanos, mas insistimos em, por vezes, agir como robots. Queremos dar o programa de certa maneira, queremos que os alunos reajam sempre da mesma maneira. Ainda bem que não é assim!
Vou escrever mais alguns posts sobre a experiência deste ano, até lá!
publicado por wherewego às 21:47

Texto original aqui.
publicado por wherewego às 21:37

Tentarei nos próximos dias ter mais música.
Ir colocando música duas ou três vezes por semana.
E quero colocar de tudo. Do mais mexido ao mais parado, do mais moderno ao mais popular, do erudito ao pimba.
Qual será a próxima a tocar? Já falta pouco
publicado por wherewego às 20:29


Humor. Espero que consigam ler. � uma p�gina duma das minhas (mini) s�ries favoritas.Quase, quase a acabar... Posted by Hello
publicado por wherewego às 17:15

25.06.05
Ontem no Parlamento.
Primeiro-Ministro: "Desta vez, o senhor Marques Mendes evitou a palavra servidores públicos. Eu não ouvia essa palavra desde os tempos de Marclo Caeatano! Servidores públicos? Funcionários Públicos!"
Marques Mendes: Não se preocupe com a expressão servidores do estado. Eu não tenho complexos de nenhuma natureza. O senhor é que de vez em quando tem complexos de outra nautureza"!
publicado por wherewego às 14:18

Fui ontem ver o mais recente Batman.
Essencialmente, o filme conta o início da carreira do justiceiro de Gotham e para quem lê as Bds existem muitos pontos de contacto.
O ponto forte do filme é, na minha opinião, o elenco. As personagens estão bem caracterizadas e transportam para a 7ª arte alguma da magia da 9ª.
O Scarecrow, Dr. Crane, está muito bem conseguido, bem como a interpretação majestosa do, meu preferido, Gary Oldman no papel do futuro comissário Gordon. Atenção ainda para a presença de Tim Booth, o antigo vocalista dos James, no paple do assassino Szasz.
O problema com o filme acaba por ser o despesismo:p
A quantidade de personagens dentro do filme é admirável, mas muitas delas acabam por não ter nenhum papel, o que acabou por me desiludir.
Em termos de história o filme acaba por cair no mesmo erro, a história está bem construída mas esperava um maior crescendo e uma trama mais densa, acaba por saber a pouco.
De qualquer modo acaba por ser o meu Batman preferido, até olhando para o de Tim Burton que é demasiado gótico e negro para o meu gosto, acabando este por ser um pouco mais realista (dentro dos possíveis, claro!).
Um filme interessante, engraçado e minimamente fiel a Bob Kane e Frank Miller, sofre no entanto o problema de nunca chegar a ser o que esperávamos, o que não é de todo mau.
Vale a pena uma oportunidade.
publicado por wherewego às 11:48

mais sobre mim
Junho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
16
18

20

29


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO