21.12.06
Ao magro salário acrescenta o 13º mês. Não fora o Natal e a expectativa das crianças e o mês seria menos remendado.
Os dois filhos, um com 14 e outro com 8 anseiam de forma diferente pela época festiva.
O mais velho já é mais consciente das dificuldades financeiras dos pais, o mais novo ainda saliva a ver os intermináveis anúncios na televisão.
Numa visita esporádica a um dos Continentes trouxeram um catálogo para crianças, o filho mais velho viu-o, voltou a ver mas não deixou nenhuma cruz, afinal o mais novo já marcara todos os brinquedos que um rapaz gostava de ter.
Ao pai, por vezes, embarga-se a voz quando vê o catálogo. Os olhos ficam vidrados.
Será este o sentido do Natal? Conta os euros, e tenta escolher uma das prendas mais baratas, afinal os filhos, e ele e a esposa, precisam de roupa. O mais velho aproxima-se do pai, e sussurando-lhe diz-lhe que não é necessário ter uma prenda na meia. Que basta um chocolate.
Será isto o Natal?
Lembra-se da narrativa bíblica, de um menino a nascer na miséria e a ser presenteado com presentes por alguns reis magos. Mas ele era Deus, assim segue a narrativa. E os seus filhos, que não têm reis magos que lhes ofereçam nada.
O que é o Natal?
publicado por wherewego às 15:05

Este blog nunca foi grande coisa, mas agora tem sofrido ainda mais.
A qualidade desceu (há coisas impossíveis que acontecem...), e a vontade de puxar pela cabeça é inexistente.
Já ponderei, por mais do que uma vez, (ex)terminá-lo, mas até agora tenho evitado. Melhores tempos virão.
I hope.
publicado por wherewego às 11:08

O Natal já está à porta!
Mas com o que tenho a fazer (profissionalmente) ainda não me apercebi que é Natal!
Eu sei que as pessoas vão fazendo romarias à àrvore de Lisboa, eu já vi os enfeites, já tenho presentes em casa, e já ando a sonhar com uns fritinhos de grão e batata doce, mas ainda não consegui sentir a diferença do rebuliço diário.
E parece que é já de Domingo para Segunda, não é?
publicado por wherewego às 11:05

«Já disse várias vezes aos jogadores: aqueles que querem vir para a guerra, entre aspas, montam-se nas minhas costas, os que não quiserem ficam fora. Se em vez de 23 tivermos 22 não tem problema nenhum.»
Paulo Bento dixit
publicado por wherewego às 10:59

mais sobre mim
Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
19
22

24
25
29
30

31


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO