22.01.07
A futebolada entre amigos podia ser objecto de uma tese sociológica.
No que me diz respeito sei o que jogo (no caso, o que não jogo) e fico feliz por me deixarem "correr" durante uma hora e meia/duas sem me obrigarem pagar o campo na totalidade.
Já não tenho a velocidade de outrora (que por si já não era definida por velocidade), não tenho poder de remate, e para mexer uma perna tenho de pedir licença a toda uma quantidade de músculos que já não sabem que existem!
E assim lá fomos, em mais uma tarde de sábado jogar à bola.
E deu para tudo, para rir, para chorar, em termos figurativos, para correr, para descansar, enfim...confesso que senti a falta dos gritos do Joca, quiçá fruto da lesão que o apoquenta.
Ria-me ao ouvir o Mílton a dizer-me não corras muito que eu já não consigo! Um cego a falar para outro...
Para mim já não importa ganhar ou perder, importa é correr um bocadinho, de forma a queimar umas míseras calorias.
Nunca fui bom jogador, tretas! Nunca fui sequer um mediano jogador, hoje sei o que não corro e fico mais para trás, que com a massa corporal que tenho sempre pode dar algum jeito. Dizia o Barry que ultrapassar-me equivalia a dar a volta a uma moradia, palavras dele, mas está desculpado!
Tento fazer uso do passe e pouco mais, marcar um golo é milagre, correr para a frente e para trás uma miragem, mas no fim o que importa é estarmos juntos uns momentos, rirmos e desfrutarmos dum esférico durante duas horitas.
Ele há malucos para tudo.
tags:
publicado por wherewego às 10:49

Existe uma diferença abissal entre a noite e aquilo a que muitas pessoas chamam «a noite». Sobre a noite possuo saber de experiências feito. Em contrapartida, « a noite» é-me quase desconhecida: há freiras de clausura que conhecem melhor « a noite» que eu.
Pedro Mexia in Primeira Pessoa
publicado por wherewego às 10:45

21.01.07
Depois de McFerrin ontem, deixo-vos hoje um pequeno apontamento de humor.
Brilhante!
publicado por wherewego às 14:33

20.01.07
Ando com vontade de rever um dvd que tenho, um (excelente) concerto de Bobby McFerrin.
Para quem não conhece, shame on you, aqui ficam alguns exemplos deste autêntico show man.

</object>'>Oz

</object>'>Improvisos

</object>'>Drive

</object>'>Mais, mais
publicado por wherewego às 12:39

Este é um disco dispensável na minha discografia pela simples razão de que tenho todos os álbuns desta excelente banda brasileira.
No entanto, e para quem não conhece, para além do Hit Anna Júlia, é um álbum indispensável.

A playlist é a seguinte:
1 - O Vencedor 2 - O Vento 3 - Morena 4 - Retrato Pra Iaiá 5 - Todo Carnaval Tem seu Fim 6 - Último Romance 7 - Condicional 8 - Além do que Se Vê 9 - Anna Júlia10 - Primavera11 - Quem Sabe12 - Casa Pré-Fabricada13 - Cara Estranho14 - Sentimental15 - A Flor

De qualquer modo, e como as compilações nunca agradam a todos faltam aqui, na minha opinião algumas músiquitas, por exemplo:
Cadê teu Suin, Aline, Lágrimas Sofridas, Romeu e Julieta

As minhas favoritas ficam em negrito.
(E tu Domingos, quais as tuas favoritas?)
tags: ,
publicado por wherewego às 12:04


publicado por wherewego às 11:54

BIG
publicado por wherewego às 11:47

19.01.07
Uma hora a abrir, gravar e imprimir trabalhos de alunos...
Quantas demorarei a corrigi-los?
tags:
publicado por wherewego às 11:02

O Homem-Aranha vai, em 2007, voltar ao fato negro.
Claro que isto não tem nada a ver com o filme que há-de entretanto estrear!
Sinceramente, irritam-me não os remakes e as aventuras cinematográficas das personagens que acompanho, mas os reboques que existem entre um meio e outro. As adaptações dos filmes para BD são quase sempre más, manhosas mesmas, com desenhadores fraquitos, na maior parte das vezes, claro!
Entretanto, e tem a ver com a tentativa de chamar espectadores do filme à BD tem-se adaptado algumas realidades do cinema à situação actual da(s) personagem(ns) no mundo aos quadradinhos.
Caso específico do fato negro do Homem-Aranha, vamos a ver no que é que dá.
publicado por wherewego às 10:55

18.01.07
pelo menos por algum tempo.
Quem? Grissom, pois é, William Petersen decidiu sair, pelo menos por algum tempo da série.
Keppler, personagem interpretada por Liev Shreiber.
Segundo alguns sites, Petersen só vai estar afastado por algum tempo, para depois sair em definitivo, ao que parece para se dedicar mais ao teatro. Acrescente-se a isto um certo desânimo pela forma como a série deu origem a spinoffs, que na sua opinião são desnecessários.
A realidade é que para já está fora, daqui a 5 ou 6 episódios veremos se será em definitivo ou não, ainda que só no final da época teremos a certeza (altura em que o seu comtrato termina).
Nota: para descobrir que sai é só passar o rato pelo espaço em branco.
publicado por wherewego às 20:26

mais sobre mim
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
17

27

28


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO