05.11.08
Tinha uma voz tão monótona que um dia a própria voz adormeceu.
publicado por wherewego às 11:21

04.11.08
...não ter tempo para ler um romance, antes livros sobre comunicação, publicidade & marketing, projectos culturais, e teorias da imagem... Ainda assim ando com O Priorado do CIfrão, do João Aguiar. (Bem vindo de volta, Santo Adriano.)
hummmmmmmmmmmmmmm...
Não ver um filmezito asiático à demasiado tempo, ainda que tenha conseguido rever, há 2 semanas, 2 semanas!, Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos. Mas o que queria mesmo era um filme asiático à maneira.
Estar um dia com a minha esposa, só eu e ela. Só para nós.
Ver as mil e uma séries que já saíram nos últimos 2 meses.
Esvaziar o gravador do MEO. Tenho-o quase cheio, e falta tempo para ver o que por lá mora.
Comprar um leitor de DVDs, para ver um filme do Johnie To, que está lá à espera.
publicado por wherewego às 14:50

Parece que este fim-de-semana vou fazer traduções.
Nas coisas em que me meto. Já ando a roer as unhas.
publicado por wherewego às 13:21

Tenho de comprar menos jornais e revistas.
Por causa da crise? Sim, mas não da económica.
Eu sei que, e se não soubesse algumas das aulas de Mestrado ensinavam-me, os nossos órgãos de comunicação estão nas mãos de 5 ou 6 Grupos transnacionais (Estado incluído).
A verdade é que comprando o Expresso e o Sol, o Público em alguns dias da semana, lendo o Correio da Manhã no café, às vezes o DN (noutro café), uma ou outra revista semanal (Sábado ou Visão), comprando a Ler e a Meus Livros leio várias vezes as mesmas entrevistas, conheço as mesmas pessoas no espaço de um mês.
Este mês (últimas duas semanas e as próximas) tem sido MEC, mas o mês passado foi outro/a qualquer (desculpem o uso da expressão, que pode indicar um menosprezo pelo MEC que é totalmente descabido). Parece que semana após semana as mesmas pessoas vão sendo entrevistadas por pessoas diferentes (espero, confesso que não leio, na maior parte das vezes, o nome dos jornalistas). E se às vezes se compreende, pelo lançamento de um livro, pela realização de um filme, por outras a lógica não é assim tão linear. Ou será, se tivermos em conta qual o Grupo Transnacional que se encontra por trás, e os interesses que detém.
De qualquer modo, já inovávamos, não?
PS. O cansaço não é por ler 6 vezes uma entrevista com a mesma pessoa, é por ler 6 vezes a mesma entrevista.
tags:
publicado por wherewego às 13:12

mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

16
20
21
22

23
24
27
29

30


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO