20.09.07
Aquilino foi para o Panteão, e muitos dos discursos demoraram na necessidade de o ler, de o conhecer. Confesso que de Aquilino só li o Romance da Raposa, 2 vezes.
A verdade é que muitos dos nossos autores, com excepção de alguns comunistas/neo-realistas(que são editados pela Caminho), não são editados. Andar à procura de um Fernando Namora, de Aquilino, de Ferreira de Castro e mesmo de Camilo (tirando as chapa 5, as outras podem ser mais complicadas de encontrar) pode tirar qualquer um do sério.
Podem as editoras proclamar a ausência de público para tais livros, mas o inverso também é verdade, resta-nos ir a um alfarrabista ou a uma biblioteca.
publicado por wherewego às 08:37

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
14
15

16
21
22

23



arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO