16.02.07
O Ípsilon do Público agradou-me, e nem é tanto pelo aspecto gráfico, confesso que preferia algum do cinzetismo do Mil Folhas.
Enquanto estreia encheu-me as medidas, é difícil os próximos números interessarem-me tanto, o artigo de capa é uma necessidade (deparei-me com vários trabalhos plagiados da internet, com a inexistência da necessidade e da inteligência de alterar o português do Brasil para o nosso Português!!!), a entrevista com Enrique Vila-Matas uma mais valia (ainda que me faça confusão a presença da Shakira em 2 páginas da entrevista, não havia nada menos Shock?), depois temos O´Neill, Forest Whitaker, Clint Eastwood, Música, crítica literária, DVDs, Cds, concertos, cinema e sei lá mais o quê!
Misturar o Y e o Mil Folhas parece-me a mim pior ideia do que ter duas vertentes separadas como acontecia, por outro lado a cromática é por vezes uma ajuda, por vezes é simplesmente uma grande chatice, e a opção por alguns anotamentos publicitários por vezes é um tanto ou quanto desajustada.
publicado por wherewego às 11:23

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


18
19
20

25


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO