08.04.08
Muitos dos que passam por aqui sabem da predilecção que nutro pela série The West Wing (Os Homens do Presidente).
Ora, várias têm sido as notícias e reportagens ao longo destas semanas sobre a parecença entre Obama e Matt Santos, o candidato a Presidente, hispânico, que no final de sétima série se torna Presidente dos EUA. Muitos têm falado da hipótese da ficção se tornar realidade, dos pontos de contacto entre a série e as corridas presidenciais de 2008.
Uma curiosidade antes demais, Matt Santos foi inspirado em Obama. Logo, as semelhanças não se encontram somente na corrida presidencial, mas há também pontos de contacto entre os dois políticos, o real e o ficcionado.
Ambos os candidatos são jovens, carismáticos, de uma minoria étnica e tendem a basear o seu discurso na união da América.
Eli Attie, escritora e produtora da série, diz "I drew inspiration from him in drawing this character, when I had to write, Obama was just appearing on the national scene. He had done a great speech at the convention [which nominated John Kerry] and people were beginning to talk about him."
Attie diz que a forma como Matt Santos aborda as questões raciais foram também inspiradas em Obama. "Some of Santos's insistence on not being defined by his race, his pride in it even as he rises above it, came from that," remata.
O resto é história, e são mais semelhanças (vejam este vídeo). Muito se tem escrito sobre a (in)experiência de Obama, vejam a 6ª e 7ª série, e mais atrás sobre a capacidade de "roubar votos" fora da sua minoria, vejam -novamente - as mesmas séries.
O estratega mor da campanha de Obama, Axelrod, disse a Ettie que estavam a viver os seus guiões.
Há mais semelhanças, mesmo esquecendo Santos. Há um candidato pregador, há Arnie Vinnick (Alan Alda), o candidato Republicano, que, como John McCain, é um político não muito popular, e que vem de um estado do oeste.
Concluindo, poderá a história repetir-se?
Talvez. Mas, o que muitos desconhecerão é que Santos perdia as eleições. Nos "scripts" originais era Alan Alda quem ganhava as eleições (marca ainda assim de algum conservadorismo?).
Então o que mudou? A morte de Leo McGarry (John Spencer).
Só a partir da morte do actor (vejam o pedido do Chicago Tribune) é que Santos se torna no vencedor das Presidenciais, porque os guionistas acharam que seria demais para os seguidores da série assistirem à morte de Leo e à vitória de Vinnick.
Portanto, alguém que queira seguir o guião mesmo à risca?
Entretanto vamos vendo esta espécie de recriação da série. No mundo real.
publicado por wherewego às 11:14

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
19

20
21
22
24
25
26

27
29
30


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO