28.10.08
Muitos me têm perguntado sobre a actual crise tripeira.
O meu comentário é multiforme. Começo por questionar o uso da palavra actual.
O ano passado quando dizia mal de Jesualdo (e sempre o fiz) acusavam-me de dizer mal de barriga cheia. Que estava à frente do campeonato, que o ganhei com 20 pontos de avanço, que era simplesmente má língua.
Fui-me ficando.
Jesualdo tem um ponto a favor. Fez o Porto ganhar campeonatos outras vez, depois da saída de Mourinho. O problema é que, na minha óptica, nada do que foi feito teve a sua base em Jesualdo. Jesualdo aproveitou o bom trabalho de Adriaanse, que tinha contra si ser um mau gestor de homens. Era a táctica do General, que deu nos resultados que deu. Mas não podemos tirar algo que pertence a Adriaanse - a capacidade do ponto de vista táctico. Adriaanse colocou alguns jogadores a praticar excelente futebol. A equipa cresceu tacticamente. Infelizmente, a personalidade não se revelou a melhor. E foi-se buscar Jesualdo, que é o contrário. Do ponto de vista humano não é excelente mas é bem melhor que o anterior, do ponto de vista táctico é uma nulidade. Fala muito, e concretiza pouco. Aliás, ele e a equipa.
Os jogadores, para além de não saberem o que devem fazer, não estão motivados, as substituições são sempre as mesmas e ao mesmo minuto. A conversa tenta convencer, a equipa nem por isso.
A resposta dada depois de ter levado 4-0 do Arsenal devia ter dado origem a uma reprimenda vinda de cima, pelo menos. Não deu.
O Porto, parece, que não vejo, joga pior a cada jogo que passa. E a desculpa é a de ter muitos jogadores novos. Que foi a mesma quando ganhou o primeiro jogo de Liga dos Campeões.
O ano passado adormeci muitas vezes a ver jogos do Porto. Este ano, sem SPORTV, não sofro dessa maleita.
O Benfica foi campeão com Trapattoni num campeonato que parece tirado a papel químico deste (pelo menos a avaliar pelas primeiras jornadas). Equipas fracas, campeonato nivelado por baixo e o grande que estiver menos mal ganha no fim. Não por mérito próprio, mas por demérito dos outros.
Claramente que este Porto não vai a lado nenhum seja com que jogadores for. O Quaresma o ano passado precisava de 10 cantos para acertar um. Isto não se resolve nos treinos? Não? Troca-se de jogador! Mas nunca houve coragem- Este ano é mais grave, parece que ninguém o pode fazer. Ninguém sabe. E a capacidade física, sem Azenha, é bem pior.
As constantes viagens de avião servem de desculpa, o número de jogadores novos serve de desculpa, o azar serve de desculpa.
Jesualdo nunca ganhou nada antes de vir para o Porto. Conseguiu-o no Porto.
Esperemos que o clube o continue a fazer depois de Jesualdo sair.

E quanto mais cedo melhor.



Nunca gostei de Jesualdo, por isso é mais fácil.
publicado por wherewego às 14:37

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
17
18

19
20
21
24
25

26
27
30
31


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO