11.05.07
A crónica é uma arte, acrescentar maior seria redundante.
Iniciei-me nesta arte com Os Meus Problemas de Miguel Esteves Cardoso. Lembro-me que aprendi, ri e pensei. Lendo quase exclusivamente em português existem alguns cronicadores de eleição.
Aprecio bastante Onésimo Teotónio de Almeida, Luís Fernando Veríssimo, o já citado MEC, e outros que me esqueço de momento.
Comprei a semana passada o livro (Intriga em Família) de Eduardo Pitta com os textos do blogue Da Literatura, não sendo um cronista per si, o livro tem crónicas e vale ter em papel. Não serão só crónicas, nem sei se o autor se encara como cronicador quando escreve alguns dos posts, ou se blogger será o nome mais geral e feliz para definir a autoria do que se lê. Sendo um dos meus blogues de eleição não resisti e comprei. Muitos dos textos já os lera, e alguns já os esquecera. Valem a pena!
A primeira metade do livro é mais literária, ou sobre a literatura, daí para a frente o livro vai sofrendo a alteração visível hoje no blogue. Eduardo escreve sobre tudo com saber, opinião e a sua visão. Podemos não concordar, mas teremos de ponderar sobre o ponto de vista.
Ontem, comprei a Sábado, a razão era suficiente, oferecia um livro de João Pereira Coutinho. Parece que vão oferecer mais... se forem todos tão bons quanto este.
JP Coutinho fez-me o mesmo que as crónicas de MEC há quase vinte anos, pensar, rir, quase chorar, sonhar (Hay-on-Wye) e deu-me vontade de ler mais...
João Pereira Coutinho escreve como poucos em Portugal, aprecio bastante os seus textos no
Expresso, pena que tenha de estar na mesma página que Daniel Oliveira, embora quando comparados com estes textos do livro Avenida Paulista percam. Razão? O tamanho. Do texto. Afinal o tamanho importa. Os textos de Avenida Paulista são mais longos, mas nem por isso dados a desvarios. São perfeitos, ou quase. Para mim, os do Expresso sabem a pouco, e por vezes, sabem tão a pouco que chateiam. Que me perdoe JPC. Com a oferta da Sábado tenho lido um pouco mais com prazer,pena que o livro já esteja a chegar ao fim, e que o Intriga em Família tenha ficado para trás, mas já só faltam 60 páginas...
Estes dois livros deram-me fome, fome de ler mais livros de crónicas...
publicado por wherewego às 14:37

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
19

20

27
29


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2004:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
comentários recentes
"Pandev nao mentiu" "Pandev no mintió"
Jornalistas desportivos madrilenos desrespeitam DI...
Don Andrés Amorós Guardiola.....¿Mourinhista?
forcinha amigo :)
se calhar eles arrumam as coisas por secções: mass...
olha que tu também tens as tuas taras a arrumar co...
Já eu tenho no policial um dos meus géneros de ele...
Policiais nunca foi algo que me atraísse muito par...
Na minha opiniao, investir em gato fedorento é sem...
ah... a riqueza de descrever as coisas simples! go...
subscrever feeds
blogs SAPO